SEDH participa do lançamento de programa de enfrentamento à violência da Prefeitura de Montanha

Compartilhe

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, participou, nessa quinta-feira (05), do lançamento do programa “Montanha com Elas”, da Prefeitura de Montanha. Atendendo ao convite do município, ela realizou uma palestra sobre “Direitos Humanos das Mulheres” para uma plateia formada por gestores e servidores, coletivos de mulheres, autoridades políticas, entre outros.

Nara Borgo elogiou a iniciativa e falou dos avanços do Governo do Estado no que diz respeito às políticas para as mulheres. “É essencial discutir este tema cada vez mais porque as mulheres precisam reconhecer os diversos tipos de violências que existem para que, então, possam enfrentar as violações de direitos. Conhecer os serviços disponíveis também contribui para a garantia de direitos, pois ela precisa saber que não está sozinha. No Estado, demos um passo importante com a institucionalização do Plano Estadual de Políticas para Mulheres do Espírito Santo (PEPM/ES), um documento que irá nortear as ações tanto em âmbito estadual quanto municipal, e também com o lançamento do programa Agenda Mulher, idealizado pela vice-governadora Jaqueline Moraes”, comentou.

A prefeita de Montanha, Iracy Baltar, destacou a importância do lançamento do “Montanha com Elas”. “O enfrentamento à violência e a promoção de uma cultura de paz são nossos objetivos. Este trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele o oceano seria menor”, destacou.

Na ocasião, a prefeita assinou a adesão ao Agenda Mulher, do Governo do Estado, sendo Montanha o primeiro município capixaba a aderir ao Programa. Foi criada também a Coordenadoria Municipal da Mulher, que será responsável pela implementação de políticas públicas para as mulheres, ações de enfrentamento à violência doméstica e familiar e demais pautas relacionadas ao tema.

O evento, que teve como tema “Respeita Elas”, contou ainda com palestra da secretária de Assistência Social do município de Conceição da Barra, Fernanda Braumer, além de uma roda de conversa promovida pelo Coletivo de Mulheres “Portas Abertas”.