Suspeitos de roubo em Boa Esperança são presos menos de 24 horas após crime

Compartilhe

Uma ação rápida da Delegacia de Polícia de Pinheiros, em conjunto com as equipes da Polícia Militar atuantes na região, resultou na prisão de dois suspeitos e a recuperação de todos os produtos roubados de uma propriedade rural em Boa Esperança, menos de 24 horas depois do crime. Os suspeitos e os produtos roubados foram localizados em Pinheiros, município vizinho.

D.A.P.N, de 19 anos, foi preso dentro de casa no bairro Canário, em Pinheiros, em uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar. Ele é suspeito de participar do roubo em Boa Esperança.

“O suspeito é um criminoso contumaz, já esteve preso em outras ocasiões por crimes contra o patrimônio, inclusive em Minas Gerais. Dessa vez, foi autuado em flagrante por roubo majorado por uso de arma de fogo, concurso de pessoas e restrição de liberdade da vítima e por associação criminosa”, afirmou o titular da DP de Pinheiros, delegado Leonardo Ávila.

Os policiais chegaram até o suspeito depois que o carro roubado em Boa Esperança foi localizado, estacionado em uma rua perto da casa onde ele estava, em Pinheiros. A Polícia Militar encontrou o veículo, realizou a remoção e comunicou a Polícia Civil, que cruzou informações e chegou até o endereço do suspeito.

“A Delegacia de Pinheiros foi informada sobre a chegada desse grupo em nosso município e, imediatamente, iniciamos levantamentos a respeito do paradeiro dos suspeitos. Houve uma importante troca de informações com a Polícia Militar, que foi primordial para a elucidação desse caso”, disse o delegado. 

Ao realizar buscas na residência do suspeito, os policiais encontraram uma motocicleta, vários eletrodomésticos, além de roupas, celulares e outros itens reconhecidos pelas vítimas do roubo.

O crime

O roubo ocorreu na última quinta-feira (21), por volta das 18h30, na localidade de Córrego do Perlete, em Boa Esperança. Uma família foi rendida por um grupo de pelo menos quatro criminosos, que amarraram as vítimas e roubaram vários pertences. Entre os produtos estão uma caminhonete, uma motocicleta, eletrodomésticos e itens diversos como celulares, joias, roupas e até um enxoval de casamento. As vítimas relataram que os bandidos estavam armados, com os rostos cobertos e foram extremamente violentos, agredindo duas das vítimas com coronhadas e socos e ameaçando atirar.

Logo após o crime, os bandidos fugiram em direção a Pinheiros. A Polícia Militar realizou um cerco e, na entrada do município, o grupo criminoso trocou tiros com os militares. Um dos suspeitos, W.D.F., de 22 anos, foi detido, encaminhado à Delegacia Regional de São Mateus e autuado em flagrante por tentativa de homicídio contra os policiais.

“Ele também será indiciado por roubo majorado por uso de arma de fogo, concurso de pessoas e restrição de liberdade da vítima e por associação criminosa”, disse Ávila.