Deputado Freitas reivindica e Estado libera 10 médicos para regularizar atendimento 24 horas na UPA de São Mateus

Compartilhe
REUNIÃO que definiu a liberação dos contratos médicos aconteceu na noite de quarta-feira (18).

 

Líder do governador Renato Casagrande na Assembleia Legislativa, o deputado Freitas reivindicou à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), e conseguiu, a contratação de 10 médicos para regularizar o atendimento 24 horas na UPA de São Mateus.

A implantação já ocorre a partir desta sexta-feira (20/12). O deputado explicou que já havia feito um pedido e aguardava liberação de 10 vínculos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e reforço também do atendimento no Hospital Roberto Silvares; e foi atendido.

Detran

A definição saiu em reunião de Freitas, no início da noite de quarta-feira (18), com o secretário estadual de Saúde em exercício, Gleikson Santos (Kim), e o subsecretário de Estado da Assistência em Saúde, Fabiano Ribeiro dos Santos: “Imediatamente foram liberados os vínculos que foram pedidos. E, a partir de amanhã, nós temos dois médicos no plantão, dia e noite, na UPA, 365 dias por ano”.

A decisão elimina, de vez, o problema de atendimento médico na UPA de São Mateus, desafogando também o Hospital Roberto Silvares. “A UPA está e continuará sob a gestão do Estado e, agora com a nossa iniciativa, terá dez médicos no plantão de pronto atendimento 24 horas por dia, durante o ano todo”, comemorou o deputado.

Freitas acrescenta que, agora, é preciso que o Município cumpra o dever quanto à atenção primária, disponibilizando o atendimento médico nas unidades de saúde.

“A nossa parte [do Governo do Estado] está sendo feita. Nós estamos preocupados com o atendimento e buscamos intensamente que a Secretaria Estadual de Saúde permitisse que nós pudéssemos contratar e liberou esses 10 contratos de médicos para a UPA de São Mateus”, salientou o líder do governo, frisando agradecimentos ao governador Renato Casagrande, secretário de saúde Nésio Fernandes, secretário de saúde em exercício Gleikson Barbosa dos Santos (Kim) e ao subsecretário Fabiano Ribeiro.