Mais de 3,2 mil cirurgias são realizadas em sete meses de mutirão

Compartilhe

No dia 13 de maio deste ano, a Secretaria da Saúde (Sesa) iniciou o mutirão de cirurgias eletivas para atender 3.747 pacientes de todas as regiões do Espírito Santo. Nestes sete meses, o Estado realizou 3.263 cirurgias, por meio de mutirões em diversos hospitais.

Ao todo, foram feitas 1.432 cirurgias oftalmológicas, 1.389 angiológicas e 442 cirurgias ginecológicas. As cirurgias de reconstrução mamária, por se tratarem de um processo de longa duração, terão números contabilizados ao final do tratamento de cada paciente.

No mesmo período, foram agendadas 6.186 consultas, sendo 2.630 de angiologia, 1.952 de ginecologia e 1.604 para consultas oftalmológicas.

Para o mutirão de cirurgias eletivas, o investimento foi de R$ 2.901.139,87, provenientes do Governo Federal (Portaria Ministerial 195/2019). O Governo do Estado investiu outros R$ 615.758,37 para cobrir os custos com exames pré-operatórios. Para isso, o Estado contratou cinco hospitais para a realização dos mutirões.

O Hospital Evangélico de Vila Velha, responsável por cirurgias de angiologia e oftalmologia; a Santa Casa de Misericórdia de Vitória, responsável por cirurgias de angiologia e ginecologia; Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam), em Vitória, para cirurgias ginecológicas; Hospital Nossa Senhora da Penha, em Santa Leopoldina, para cirurgias angiológicas e ginecológicas; e o Hospital São José de Colatina, responsável por cirurgias de reconstrução mamária.