Operação da Polícia Federal localiza grande quantidade de dinheiro falso

Compartilhe
GRANDE quantidade de cédulas falsa foi encontrada.

 

A Polícia Federal no Espírito Santo, através da Delegacia de combate aos Crimes Fazendários (DELEFAZ) deflagrou na manhã desta segunda-feira, 02/12/19, a Operação MARDUQUE, com objetivo de combater crime de fabricação de moeda falsa e venda das mesmas por intermédio do aplicativo WhatsApp para compradores em diversos Estados da Federação.

A operação contou com a participação de 17 policiais Federais, sendo realizado o cumprimento de 03 mandados de busca e apreensão e 01 mandado de prisão preventiva nas residências dos investigados nos Municípios de Vitória e Viana/ES.

No transcorrer do cumprimento foi localizada grande quantidade de cédulas falsas no domicílio do investigado preso preventivamente, resultando também na sua prisão em flagrante, uma vez que tal conduta configurou o crime deter a guarda disposto no parágrafo 1º do art.289 do Código Penal Brasileiro.

Ademais, nos domicílios supracitados houve também a apreensão de equipamentos utilizados para contrafação (falsificação), bem como equipamentos de mídia em geral.

 

03 MANDADOS de busca e apreensão e 01 mandado de prisão preventiva nas residências dos investigados nos Municípios de Vitória e Viana/ES.

 

ENTENDA O CASO

Trata-se de investigação de esquema de falsificação de cédulas de real. A investigação partiu de notícia crime apresentada pelos Correios em virtude da interceptação de objetos postados em Vitória para diversos Estados contendo em seu interior as cédulas falsas de reais e postadas por um mesmo remetente que se utilizava de nome falso. O investigado se utilizava de grupos de whatsapp para a venda das cédulas em diversos Estados do Brasil.

Em outro caso investigado na Operação o investigado usava as cédulas falsas para compra de produtos anunciados em site de anúncio de vendas de produtos no Espírito Santo.