Sedu orienta estudantes como sintonizar os canais para assistirem as aulas pela TV

Compartilhe

A PREVISÃO é de que 240 mil alunos, além de professores e diretores sejam atingidos pelo programa.

 

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, lançou, nessa terça-feira (14), o Programa EscoLAR, que permite o acesso de alunos da Rede Estadual a atividades pedagógicas não presenciais durante o período de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O programa desenvolvido pela Secretaria da Educação (Sedu) consiste na transmissão dos conteúdos através da TV aberta e na utilização da plataforma Google Sala de Aula, por meio do aplicativo “EscoLAR”, desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação (Prodest). Para acessar os canais 8.2, 8.3 e 8.4 é necessário atualizar os canais abertos do seu aparelho de televisão.

Os televisores, independentemente de marca, têm processos parecidos na busca de novos canais. Basta acessar o menu pelo controle remoto e procurar a opção que mais se assemelha à “busca de canais”. Conforme o aparelho, esta opção pode se chamar ‘busca/sintonia automática’, ‘programação de canais’ ou ‘sintonização de canais’. Depois, é só clicar na opção e seguir as orientações da tela, até o final do processo.

As transmissões tiveram início na manhã desta quarta-feira (15) pelos canais 8.2, 8.3 e 8.4. As aulas serão exibidas às segundas, quartas e sextas-feiras. Haverá a reprise do conteúdo às terças, quintas-feiras e sábados. Já o aplicativo está disponível no Google Play. A previsão é de que 240 mil alunos, além de professores e diretores sejam atingidos por esta ação do Governo do Estado.

“O programa está ancorado em transmissão pela TV aberta, que vai chegar ao Estado todo. O conteúdo vem de uma parceria com o Governo do Estado do Amazonas, a quem agradecemos pela disponibilização do material. São atividades pedagógicas não presenciais para que o aluno não fique afastado e não perca o contato com a educação. Também desenvolvemos um aplicativo que terá acesso ao Google Sala de Aula e o conteúdo será passado ao aluno. Nós estamos contratando as operadoras que atuam no Espírito Santo e irão transmitir os dados por esse aplicativo gratuitamente”, afirmou o governador Renato Casagrande.