Governo do Estado institui Plano Estadual de Políticas para Juventudes do Espírito Santo

Compartilhe

O documento vai nortear a execução de políticas públicas voltadas às juventudes capixabas.

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), e o Conselho Estadual da Juventude (Cejuve) instituíram o Plano Estadual de Políticas para as Juventudes do Espírito Santo. O Decreto Nº 5.101-R foi publicado no Diário Oficial do Estado.

O Plano é resultado do esforço coletivo das juventudes do Espírito Santo, do Cejuve e do Governo do Estado, com o objetivo de garantir os direitos e a atenção desse público. O documento vai nortear a execução de políticas públicas voltadas às juventudes capixabas nos próximos 10 anos, em todos os 78 municípios capixabas.

“O primeiro Plano Estadual de Políticas para as Juventudes é uma importante entrega e representa um marco em todo o Brasil, que carece de legislação de proteção das juventudes e sua diversidade. Isso é resultado de um olhar diferenciado para a população jovem e as suas necessidades”, pontuou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo.

“Pretendemos que esse Plano possa suprir as lacunas que atravessam a vida dos jovens capixabas, marcada, principalmente, pelas ausências de políticas de promoção do pleno desenvolvimento social. Sou um sobrevivente desse sistema, após ser vítima de bala perdida na periferia. Quando olhamos para os dados que mostram que mais da metade dos homicídios cometidos no Brasil são contra jovens, sobretudo negros, compreendemos que é urgente o Plano”, ressaltou o presidente do Cejuve, Ramom Matheus dos Santos, que também presidiu a Comissão Temporária do Plano.

O documento é dividido por eixos temáticos, no qual constam as diretrizes e as ações separadas pelas seguintes áreas: (I) Cidadania, Participação Social e Política e Representação Juvenil; (II) Educação; (III) Profissionalização, Trabalho e Renda; (IV) Diversidade e igualdade; (V) Saúde; (VI) Cultura; (VII) Comunicação e liberdade de expressão; (VIII) Desporto e ao Lazer; (IX) Território e mobilidade; (X) Sustentabilidade e Meio Ambiente; e (XI) Segurança pública e acesso à justiça.

“O Plano é um sonho da juventude que está se concretizado, para garantir mais qualidade de vida aos jovens. Neste momento, não temos como esquecer das juventudes que lutaram para que esse plano fosse implementado, entre eles, o Lula Rocha”, disse a gerente de Políticas para a Juventude da Secretaria de Direitos Humanos e vice-presidenta do Cejuve, Fabricia Barbosa.

Confira AQUI o Plano na integra.