Solenidade militar celebra os 187 anos da PMES

Compartilhe

Solenidade militar em comemoração aos 187 anos da Polícia Militar do Espírito Santo. Imagem/PMES

 

Com seu respeitado status de instituição mais antiga do Estado, a Polícia Militar do Espírito Santo comemora, nesta quarta-feira (06), 187 anos de existência. E para celebrar tal honraria, foi realizada uma solenidade militar às 19h no pátio de formaturas do Quartel do Comando Geral da PMES, em Vitória.

O evento contou com a presença de autoridades civis e militares, policiais e seus familiares, que prestigiaram a cerimônia que foi marcada por homenagens.

Num primeiro momento foram agraciadas 56 pessoas da sociedade civil que contribuíram com esforços e apoio às atividades da Polícia Militar. A eles foi conferido o título de “Amigo da PM”, referente aos anos de 2020, 2021 e 2022.

Também foram homenageados os policiais militares que se destacaram operacionalmente em toda a Polícia Militar. São eles: o sargento Dimas Barbosa da Silva, do 9º Batalhão, referente ao 1º semestre de 2019; a tenente da reserva remunerada Maria Gagno Intra, do 4º Batalhão, alusivo ao 1º semestre de 2020 e o sargento Alonso Carnielli de Melo, do 11º Batalhão, relativo ao 2º semestre de 2020. Já em 2021, quem se destacou foram os subtenentes Gilmar Marinho de Alcantara, do 14º Batalhão (1º semestre) e Jean Carlos Cardoso Araújo, do 3º Batalhão (2º semestre).

 

Imagem/PMES

 

Em seu discurso, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus, demonstrou contentamento em participar ativamente desse evento que exalta a existência e os feitos de uma instituição quase bicentenária. “Neste dia, os aplausos e felicitações são para aqueles que contribuíram para o crescimento da instituição. Todos os policiais militares são pilares da nossa Corporação e ajudam a construir a nossa história, com participação ativa dos heróis veteranos, sem nos esquecermos daqueles que tombaram em ações policiais”, afirmou.

O coronel Caus discursou ainda sobre o momento em que a Instituição vive atualmente, colhendo bons resultados, frutos de um comando preocupado com gestão, planejamento e tomada de decisões feitas baseadas na ética, lealdade, transparência e honestidade. “Continuaremos trabalhando em todos os 178 municípios do estado para levar segurança como estamos fazendo há 187 anos. Temos confiança num futuro promissor pautado no diálogo forte com a sociedade espírito santense, melhorando ainda mais sua qualidade de vida e sensação de segurança”, ressaltou.

Para o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Marcio Celante Weolffel, esta data provocou um misto de sentimentos e emoções que o levaram a relembrar há exatamente dois anos quando estava assumindo o subcomando-geral da Polícia Militar. Ele disse ter recebido a missão com muita honra e orgulho, da mesma forma com a qual recebeu neste momento a missão de ser o secretário de segurança do Estado.

O coronel Celante enalteceu ainda a presença forte da PM nos grandes centros urbanos, até mesmo nos mais remotos distritos do estado, exercendo sua função institucional, interagindo com as comunidades, protegendo as famílias.

“Falar em segurança pública implica dizer que ainda existem muitos desafios a serem superados, porém as instituições têm trabalhado intensamente e de forma integrada. A Polícia Militar se destaca por sua presença forte nos grandes centros urbanos, até mesmo nos mais remotos distritos do estado, exercendo sua função institucional, interagindo com as comunidades, protegendo as famílias. Os resultados comprovam isso: tivemos neste ano os melhores indicadores na redução de homicídios desde 1996. Fruto também de medidas de gestão conjugadas e investimento nas forças policiais realizadas pelo governo do Estado, gerando assim melhores condições de trabalho e a oferta de uma segurança pública que contribua para o alcance da paz social tão almejada por todos”, frisou.

Por fim, o governador do Estado, Jose Renato Casagrande iniciou a sua fala elogiando o comando-geral da PMES pelo comprometimento e resultados positivos. Atribuiu, por conseguinte, aos policiais militares o sucesso na gestão da pandemia no Estado, que hoje culminou na desobrigação do uso de máscaras e apresentação do passaporte vacinal.

“Nesse dia em que a Polícia Militar comemora 187 anos quero agradecer a Corporação e as outras forças policiais por não se ausentarem das ruas, mesmo diante dos tempos difíceis pelos quais passamos. Essas medidas apontam que as nossas ações até agora tiveram sucesso e provocaram essa evolução. Além disso, os resultados em redução criminal, especialmente os homicídios nos permitem projetar um futuro em que, com muito trabalho, possamos figurar a lista dos cinco estados menos violentos do país. É com esse espírito que estamos aqui hoje para dar um viva à PM e aos policiais do Espírito Santo”, finalizou.

A solenidade foi finalizada com o tradicional desfile da tropa em continência ao governador do Estado.